Páginas

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

RESENHA: Purulento - Desolation


BIOGRAFIA


"O Purulento foi formado em 2003 por Alex "Tiriça" (v) (ex- Afast), Marcio (g) (Horror Blast), Bruno (d) (Evokers) e Felipe (b) (Kremate e Lord Archaeus) para executar o puro e sujo GRIND CORE.
   Após alguns ensaios a banda veio a fazer suas primeiras apresentações com bandas locais e internacionais do genero como: Maggots (HOL) e Total Fucking Destruction (EUA).
   Durante um longo período de ensaios e shows, a banda sofre sua primeira baixa com a saída de Marcio por motivos particulares. Para suprir o cargo de guitarrista, entra Gulherme (Oligarquia), onde contriui com a banda em novas composições onde mesclaram Death Metal e Grind Core. Definida está nova formação, a banda segue com shows e novas composições. No ano de 2005, devido a cada integrante possuir atividades com outras bandas, o Purulento paralisa suas atividades por tempo indeterminado.
   Somente no final do ano de 2007 o Purulento retorna suas atividades, porem com a formação totalmente reformulada com Alex "Tiriça" (v), Felipe (b), Marcio (g), Jardel (g) (Scarce e ex-Afast) e Alex Dutra (d) (ex-Evokers), com intuito de retornar a cena underground e mostrar o seu trabalho com ideais de protestos contra todas as atrocidades que ocorrem no mundo atual.
   A banda trabalhou em novas composições, onde tem o mesmo segmento inicial para executar o Grind Core, com passagens de Death Metal e Thrash Core.
   Após intensos ensaios e novas composições, em Dez/2007, a banda veio a fazer sua primeira apresentação com a nova formação, com uma das bandas mais renomeadas na cena Hard Core underground junto com o Rystetiit." (TEXTO RETIRADO DO MYSPACE DA BANDA)


Purulento é uma das bandas de grind que, possui habituais músicas curtas (típicas do grindcore), e que  se difere trabalhando mais a bateria. Ouvimos a demo Desolation, e destacamos a música que dá nome a demo, Desolation, na qual a banda transmite muita energia, e empolga com a variação dos vocais. 

O único ponto que julgamos ser necessário melhoria, é a altura dos vocais que em alguns momentos não se mostram uniformes, e por vezes abafados.

Nota: 7.4

Conheça mais sobre a banda por meio dos links:
https://www.facebook.com/purulentogrindcore
http://br.myspace.com/purulentogrindcore