Páginas

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Resenha: Nervochaos - To The Death



O novo disco do Nervochaos chega com os dois pés no peito!

É um Death Old School, como é de costume da banda, mas ainda mais pesado que seus antecessores.

Com essa premissa, Guiller (guitarra/vocal), Quinho (guitarra/backing vocal), Felipe Freitas (baixo) e Edu Lane (bateria), nos entregam um trabalho furioso.

Destacando a bateria criativa de Edu Lane, que ao contrario de outras bandas, abusa pouquissimo dos blast beats, usando em seu lugar levadas mais criativas e que prenchem com um diferente a cozinha da banda.

Outro diferencial, que vemos com pouca frequencia em bandas de Death nacional, são os backings vocals bem encaixados que a banda mostra, criando dessa forma uma identidade que nos permite difereciar o Nervochaos.


Curti muito a faixa Destroyer Of Worlds, curta e grossa e também a ultima faixa do disco, Wolves Curse, com um solo maravilhoso do guitarrista Zhema, da banda Vulcano.

Trabalho foda, que vale a pena ser conferido!

Nota: 8,97


Serviço: